Volte ao SPIN

SPIN01 SPIN02 SPIN03 SPIN04 SPIN05 SPIN06 SPIN07
SPIN08 SPIN09 SPIN10 SPIN11 SPIN12 SPIN13 SPIN14
SPIN15 SPIN16 SPIN17 SPIN18 SPIN19 SPIN20 SPIN21
SPIN22 SPIN23 SPIN24 SPIN25 SPIN26 SPIN27 SPIN28
SPIN29 SPIN30 SPIN31 SPIN32 SPIN33 SPIN34 SPIN35
SPIN36 SPIN37 SPIN38 SPIN39 SPIN40 SPIN41 SPIN42
SPIN43 SPIN44 SPIN45 SPIN46 SPIN47 SPIN48 SPIN49
SPIN50 SPIN51 SPIN52 SPIN53 SPIN54 SPIN55 SPIN56
SPIN57 SPIN58 SPIN59 SPIN60 SPIN61 SPIN62 SPIN63

SPIN64 SPIN65 SPIN66 SPIN67 SPIN68 SPIN69 SPIN70
SPIN71 SPIN72 SPIN73 SPIN74

sábado, 20 de novembro de 2010

Pela democratização da mídia

Dentre quase 200 milhões de brasileiros apenas 6 milhões tem TV a cabo, ou seja, a grande maioria dos brasileiros não tem acesso às riquezas, à cultura, às tecnologias produzidas pela humanidade, isto por causa do capricho de 6 familias que mantem a ferro e fogo o monopolio da comunicação em suas mãos.

Estes dias assisti a ótimos programas em canais a cabo, ótimos programas no National Geografic, Futura, TV Justiça, TV Câmara, TV da Assembléia Legislativa de Goiás.

A sensação que tive ao assistir aos programas foi de tristeza ao saber que milhões de irmãos brasileiros estavam sendo privados, naquele momento, do mesmo prazer.

Trata-se de uma luta a ser encampada por cada um de nós a quebra deste monopólio troglodita a fim de que as operadoras de telefonia celular e fixo (GVT, Claro, Vivo...) possam oferecer tais serviços, e que este direito à informação se traduza também em acesso da população a uma grande diversidade de jornais impressos, tv abertas, rádio, revistas e internet.

Não faz o menor sentido o desenvolvimento da espécie humana se, por caprinho de uns, a maioria é proibida de desfrutar dos bens culturais da humanidade.

A não ser que uns poucos brasileiros sejam mais brasileiros do que a grande maioria.

Isto aqui é meu, achei por acaso, perdido num arquivo,,esquecido por aí,,carregado pelo vento